Ad Astra

Ad Astra | Astrologia Cainita

Mesmo antes do sol e a lua serem considerados planetas, os homens da Terra, magís, em grande maioria, buscavam nas estrelas as respostas para seus destinos.

Aqueles que viviam a que hoje chamamos de Filosofia Especulativa Mistérica, ou seja, a Filosofia Ancestral Cainita na prática, viam nos céus, mais do que um show de luzes e de mistérios. Eles encontravam no caminho da casa de seus espíritos, a intuição necessária para compreender a mensagem dos deuses que hoje vamos entender como cosmo e suas leis regentes eficazes.

Os Cainitas, membros da Ordem de Kâæz, chamam esses sistemas astrológicos de AD ASTRA e, usando do lema ‘filius stella, stella parum est’ (filhos de estrelas, estrelas são), esses magís, buscam nos céus a interferência mais poderosa para manuseio da Fâtâ: seu princípio mistérico anímico.

Sendo o caminho da magia cainita perpetuado como cinza, A Astra se apresenta como a Mente dos Califas (Profetas) que estão ávidos por respostas, sejam elas felizes ou não.

Entendendo que as estrelas podem anunciar o começo ou o fim de todas as coisas, Ad Astra é uma maneira de se conectar com o mapa dos antigos céus e averiguar se os Deuses Colonizadores que usaram das estrelas como guias de seus caminhos cósmicos, não é para nós também, guias do nosso caminho espirito-mágico.

Assim, quatorze signos com nomes de estrelas (em sua origem, nome de animais), definem a base do espirito regido por esta força e nos permite acessar os conselhos iminentes para nossos desafios internos.

Se você quiser acompanhar a releitura da Ad Astra Cainita, acesse o Diário da Ordem, diariamente, para absorver os conselhos vindo das Estrelas e ofertado pelos Califas Cainitas à comunidade mística.

One Comment

  • Ynaeel Lvrakh

    Mëânt aba pelas belíssimas informações! Com toda certeza, irei acompanhar o Diário da Ordem diariamente para receber esses preciosas conselhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *